O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contate diretamente com as empresas

Evento Sunnyvale foca rastreabilidade de medicamentos em São Paulo

  • 05/11/2013, São Paulo (SP)

  • No dia 8 de novembro, Sunnyvale reúne especialistas em soluções de hardware e software para indústria farmacêutica, além de representante do Sindusfarma, para levar informação aos profissionais farmacêuticos sobre adequações à normativa da Anvisa.

 

A Sunnyvale realiza o evento Rastreabilidade na Indústria Farmacêutica, no próximo dia 8 de novembro, em sua sede em São Paulo. Na oportunidade estarão presentes o gerente de Boas Práticas e Auditorias Farmacêuticas, do Sindusfarma, Jair Calixto, o diretor da T2 Software, Rodrigo Klein, e o especialista em Termo Ink Jet da Domino Printing, Phillip Parkins.

O objetivo é reunir representantes dos laboratórios farmacêuticos para que eles tenham maior conhecimento sobre o tema e o que será preciso fazer para adequar as linhas de produção dentro deste novo cenário de acordo com a lei 11.903/09. "Por isto juntamos especialistas da área de TI, de hardware e de soluções para a indústria farmacêutica, assim como um representante da Domino Printing, que vem da Inglaterra especialmente para este evento, além da importante presença de Jair Calixto do Sindusfarma", explica Wagner Gennari, gerente da divisão de codificação industrial da Sunnyvale.

Solução - A tecnologia a ser adotada para a captura, armazenamento e transmissão eletrônica de dados necessários ao rastreamento de medicamentos no Brasil será o de código de barras bidimensional (Datamatrix). A Sunnyvale apresentará equipamentos que integram as tecnologias necessárias para uma solução completa para codificação de embalagens primárias, secundárias e terciárias.

As codificadoras Domino com as tecnologias Thermal Ink Jet, Laser e Termo-transferência atendem os requisitos exigidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a impressão do código bidimensional nas embalagens de medicamentos. São equipamentos em conformidade com o CFR 21 part 11 e GAMP 5, normas específicas que garantem validação dos processos e que definem as boas práticas para a indústria farmacêutica. "Também é importante citar que as codificadoras imprimem o Datamatrix com Grade A, uma especificação da GS1 (Associação Brasileira de Automação), que é responsável pelo desenvolvimento e aplicação de padrões globais de identificação", acrescenta Wagner Gennari.

Além de possuir experiência de mais de 20 anos no setor industrial de codificação e identificação, a Sunnyvale firmou parcerias para o fornecimento de soluções completas de rastreabilidade contando com leitores de códigos, sistemas de visão, sistemas de transporte e software.