O DIRETÓRIO INDUSTRIAL
Contate diretamente com as empresas

Jungheinrich apresenta nova empilhadeira patolada

  • 20/10/2011, Jundiaí (SP)

  • Graças à tecnologia Jungheinrich trifásica livre de manutenção, a nova empilhadeira patolada é altamente eficiente e ao mesmo tempo mais econômica e sustentável.

 

A Jungheinrich lançará sua nova empilhadeira elétrica no terceiro trimestre de 2011. Trata-se de uma empilhadeira patolada modelo EJC 214/216. Este equipamento foi desenvolvido especificamente para aplicações em armazéns com trabalhos intensos. Os equipamentos são produzidos na fábrica de Norderstedt e serão utilizados em áreas em que alta performance e eficiência é de extrema importância.

Alta performance em movimentação, grandes alturas de elevação, maiores capacidades residuais e longos turnos de operação com uma única carga de bateria fazem dela um equipamento único - diz Stefan Hirt, gerente da linha de produtos de equipamentos com operação a pé da Jungheinrich.

Potente, econômica e ecologicamente correta

Essas qualidades podem ser alcançadas graças ao potente motor de tração de 1.6 kW, equipado com a última geração da tecnologia AC trifásica da Jungheinrich de 24V.

Sua principal característica é a alta performance de movimentação e baixo consumo de energia - comenta Hirt. Alta capacidade residual é resultante da construção robusta o equipamento da Jungheinrich e também ao chassi de quatro rodas.

O motor de elevação de 3kW controlado eletronicamente permite que o operador da EJC 214/216 eleve as cargas com maior precisão e suavidade. Isso, acima de tudo, facilita o depósito de paletes pesados em corredores muito estreitos. Dependendo de sua variação, o equipamento suporta cargas de até 1.600 kg. Estão disponíveis também itens hidráulicos opcionais que permitem a proteção da carga durante a movimentação e depósito dos paletes. A velocidade de descida dos garfos é automaticamente reduzida nos últimos 300 mm antes do depósito dos paletes.

Vários outros opcionais para a empilhadeira EJC 214/216 proporcionam fácil operação, maior segurança e eficiência durante a operação da nova patolada. O baixo esforço para manuseio facilita a movimentação em espaços restritos.

Isso se aplica especialmente com o modo Crawl Speed - explica Hirts - quando o operador precisar manusear o equipamento em locais muito apertados o timão pode ser operado verticalmente com a velocidade reduzida, facilitando o acesso.

Considerável aumento da capacidade de movimentação

Além de tudo, o módulo LiftPlus irá no futuro aumentar a capacidade de picking consideravelmente. A velocidade de elevação sem carga pode ser melhorada em até 80% com esta opção. Testes começaram a ser feitos e mostram até dez segundo por elevação podem ser economizados, em uma elevação de cinco metros.

Isso significa um considerável aumento na capacidade para o picking de paletes em grandes alturas em um mesmo ciclo - conclui Hirt.

A Jungheinrich está entre as empresas internacionais que lideram o mercado na engenharia de equipamentos para armazéns, movimentação e fluxo de material. A empresa é um prestador de serviços com operações de fabricação, assim como de soluções de intralogística, que oferece aos seus clientes um programa abrangente de empilhadeiras, sistemas de estantes, serviços e consultoria. As ações da Jungheinrich são negociadas em todas as bolsas alemãs.